x 

Incensário para Cones - Gato Preto

Incensario_de_Cones_Gato_Preto_Chapeu_Bruxa_02.jpg
Incensario_Simples_Green_Man_01.jpg
Produto SKU:  PI3845
Incensário cones de Incenso

Material: Resina • Motivo: Gato de Bruxa com Chapéu de Bruxa

Tamanho: Alt. 13 cm - Base 11.5 cm
10,95 €

OS GATOS E AS BRUXAS

O Gato é associado à Grande Deusa (deus principal da antiga cultura pagã de quem as bruxas são sacerdotisas), portanto, ao ciclo: Fecundidade / Fertilidade / Sexualidade / Água / Lua (base da religião da deusa).

Dessa forma, ao possuir um gato, a feiticeira teria uma ponte com a deusa que cultua. Para as bruxas, a cor negra, diferente do que os católicos pensam, não é uma cor negativa, e muito menos é a cor do mal. Ao contrário, o preto é a cor que melhor canaliza as energias criadoras e melhor concentra o poder. Assim, o gato preto é o mais poderoso dentre os demais.

Mas essa predileção das bruxas pelos gatos, fez com que eles ficassem numa situação complicada... Para acabar com o paganismo, que era muito forte em certas regiões, qualquer coisa relacionada àquela religião foi considerada uma prática demoníaca pelos católicos. E obviamente não foi diferente para os bichanos. Era comum queimarem feiticeiras com a sua mascote felina junto, especialmente se fosse preto.

Mas não eram só as bruxas que gostavam de gatos. No Egito Antigo, o gato era considerado um animal sagrado, pois estava ligado à deusa Bastet, considerada a deusa do amor e benfeitora da humanidade. Dessa forma, nenhum mal podia ser feito a este animal. Muitos eram mumificados depois de mortos e levados a Bubástis, a necrópole dos gatos. Conta uma lenda que os egípcios perderam uma guerra porque os seus inimigos, sabendo deste amor pelos gatos, amarraram-nos aos seus escudos e, por isso, não foram atacados.

O gato também está associado ao dom da clarividência e da divinação: talvez por isso as bruxas gostem de tê-lo por perto, para que os seus poderes se desenvolvam com maior facilidade. Partindo desse princípio, os senhores e senhoras das runas dos antigos povos nórdicos, usavam durante a sua função divinatória, sapatos de pele de gato e um gorro forrado de pele de gato branco.

Na nossa cultura, atualmente o gato é visto como um animal positivo. É considerado o segundo animal de estimação preferido, perdendo apenas para os cães. Na França, fazer festas a um gato dá sorte. E, ao contrário do que muitos dizem, o gato pode ser um grande companheiro do seu dono e trazer muito amor e alegria a uma casa.

Os seguidores da Deusa acreditavam que uma gata dentro do quarto de uma mulher que está a ter um filho ajuda no parto. Possuir um gato em casa traz equilíbrio à energia feminina e ao lado emocional e espiritual. Desta forma, caso não seja possível ter um gatinho de verdade, uma representação já ajuda a obter os bons fluídos que este animal traz.

A função mágica do gato é despertar a visão para os mistérios, dando entendimento e clarividência. Também trabalha a graça e a subtileza, a elegância e o charme. Invoca-se o gato quando queremos despertar ou aumentar também a intuição ou a sabedoria. Ele ajuda a conquistar a independência, a liberdade. A sua habilidade de cair de pé pode ajudar os seus protegidos a sair de situações embaraçosas ou perigosas com rapidez e pose inacreditáveis. O gato também evoca sagacidade, reflexo rápido e engenho, sabendo aguardar o momento certo para se lançar sobre os seus objetivos. A sombra do gato, por outro lado, revela apreço pelo conforto e preguiça.

Portes de Envio Gratis

 

Contactos:

Telefone: (+351) 21 136 58 60

Telemóvel: (+351) 91 702 38 85 • (+351) 91 891 09 44

http://www.tendadaalma.com

E-mail: geral@tendadaalma.com