x 

A ideia de que a “magia” possa ter um sentido prático, para muitos é uma autêntica surpresa. Não deveria ser. A ideia e base fundamental da magia reside na possibilidade de se exercer influência sobre o meio envolvente de alguém ou da natureza, conseguindo-se ou não provocar mudanças no sentido de se solucionar um determinado problema.
Hoje em dia, a magia é, em grande parte, “esotérica”. Isto significa que está relacionada com um conjunto de exercícios dirigidos ao desenvolvimento e crescimento espiritual, verificando-se uma alteração benéfica no comportamento psicológico de todas as partes envolvidas neste processo.
Apesar disto, os modernos praticantes do esoterismo (magos, terapeutas, videntes, astrólogos, etc.) têm grandes preocupações com as considerações práticas da sua actividade.
A magia — não confundir nunca com feitiçaria — pode e deve ser usada por qualquer pessoa, em qualquer momento das suas vidas, pois permitirá uma melhor qualidade de vida, porque, muito simplesmente, foi-nos dado uma mente e um corpo e temos a obrigação de fazer um uso completo e pleno dessas dádivas.
O espírito e o corpo trabalham em conjunto e a magia branca pode ser entendida como a extensão de cada um destes elementos — o espírito e o corpo — para uma dimensão tal que está muito para além dos limites normalmente aceites e concebidos. É por esta razão que usualmente falamos de “sobrenatural”, quando nos referimos ao domínio da magia.
No aspecto em que a magia prática se relaciona com o alcançar e concretizar assuntos tão terrenos e tão fundamentais ao ser humano como sejam o emprego, a saúde, a família, o sucesso, a riqueza, o amor e a protecção, é que os métodos e equipamentos utilizados são de uma extrema simplicidade e ao alcance de qualquer pessoa.
Há pouca necessidade dos materiais e artefactos exóticos e difíceis de obter que constituem o folclore negativo e a mitologia pitoresca da magia moderna. O importante — e esta é uma das lições mais importantes de quem aprecia e pratica a magia — é fazer bom uso daquilo que temos. E começamos com aquilo que temos e aos poucos expandimos os nossos recursos iniciais.
Esta obra é um simples manual sobre o uso dos talismãs. Esta magia é extremamente simples, mas muito poderosa e espiritual, no sentido de aplicar as energias do corpo e os poderes do espírito para se obter o que se deseja. Temos o poder dos entes superiores (Deus ou em quer que acreditemos) no nosso corpo e é isso que o torna vivo. O espírito também é uma expressão do divino. Se esta magia dos talismãs for acompanhada pelo uso de incensos e velas, esse poder aumenta extraordinariamente.
Amor, emoção e imaginação unem o corpo e o espírito como um instrumento do poder e o uso deliberado destas forças são aplicados no sentido de influenciar a situação de alguém na vida. É Magia. É tão simples quanto isto. Poderá tornar-se complexo à medida que as nossas necessidades aumentem se procurarmos empregar a magia de uma maneira mais poderosa.
Há pouca necessidade dos materiais e artefactos exóticos e difíceis de obter que constituem o folclore negativo e a mitologia pitoresca da magia moderna. O importante — e esta é uma das lições mais importantes de quem aprecia e pratica a magia — é fazer bom uso daquilo que temos. E começamos com aquilo que temos e aos poucos expandimos os nossos recursos iniciais.
Podemos dedicar um grande  esforço em tornar o corpo mais vivo, aumentando deste modo as suas reservas de energia; podemos desenvolver exercícios que treinem a capacidade do espírito para se concentrar e visualizar; podemos empregar um grande número de ajudas e apoios para estimular a emoção, para ajudar na concentração, para juntar os alvos do nosso desejo. No entanto, tudo isto pode surgir de uma forma natural, se começarmos com as bases do verdadeiro mundo familiar e real do nosso ambiente imediato e das nossas mais fundamentais e primitivas necessidades.
Comecemos pelo princípio: qual é a sua necessidade mais premente? Será a saúde, por exemplo? Então o que há nela que requeira atenção?  Será um mau hábito que tenha de ser eliminado? Nesse caso, trabalhe sobre esse mau hábito tanto quanto sobre o ideal da boa saúde. Encontrará, neste livro, rituais com talismãs com referências a incensos e com a ajuda de velas. A sua vida familiar está perturbada? Qual será a origem do problema? Dinheiro, talvez? Encontrará informações para tratar este assunto.
Faça o seu trabalho de magia cuidadosamente. Encontrará, neste livro, as indicações básicas. Execute cada acção com completa ponderação e atenção. É este o verdadeiro significado de “crença” em magia. Dê cada passo de magia com todo o respeito que é devido à expressão do Poder Divino que  procura invocar para fluir através de si próprio. Trate os seus instrumentos de magia como se sagrados fossem e eles tornar-se-ão sagrados. “Caminhe de forma sagrada” quando estiver a trabalhar a sua magia, isto é, sinta o poder divino no seu corpo e mova-se como um ser pleno de poder.
Dê tempo à sua magia. Se pensa que não vai ter o tempo necessário, então não está a ser prático na sua atitude em relação à magia. Dar tempo à sua magia é dar-lhe poder. Dê-lhe também sentimento, se o não fizer, então não estará mostrando respeito e estará retirando a energia do seu corpo. Envolva a sua magia de amor: sinta o amor de Deus em tudo o que está a fazer. Ame a beleza que está em todas as coisas da Natureza. Ame a Divindade que está em toda a vida — que está até na vela, no óleo, no incenso, nas suas mãos quando manipula os incensos e as velas, no chão onde se ajoelha. Sinta o amor e o poder espalhar-se nos seus olhos, enquanto orienta as suas mãos no trabalho de magia, enquanto olha e medita sobre as chamas da vela, enquanto prepara as velas com o óleo.
A magia prática é fácil. Fazê-la bem é tornar-se um mestre especializado. A habilidade de viver sensatamente e bem é a realização da sua vida aqui e agora. Caso contrário, será negar o sentido da vida, negar objectivo ao universo, denunciar a beleza, opor-se à Natureza.”

Destaques

Últimas Novidades

Portes de Envio Gratis

 

Contactos:

Telefone: (+351) 21 136 58 60

Telemóvel: (+351) 91 702 38 85 • (+351) 91 891 09 44

http://www.tendadaalma.com

E-mail: geral@tendadaalma.com